Droga de doce.

”Nem mesmo um pacote de doces, uma caixa, um caminhão conseguem melhorar o agora. O que eles fazem? Amenizam dores pequenas, sentimentos suaves, fracos, mas não conseguem curar feridas, nem mesmo mudar pensamentos. São como drogas, mas não as coloque no patamar das super potentes, porque não fazem milagres (nem dão algum ‘barato’). Atualmente só produzem efeitos colaterais.”

Adoce sua manhã!

Pela manhã você acorda e pensa, hoje vou comer direitinho…aí toma um belo café da manhã, lancha quase nada pra não engordar, almoça alface com bife, lancha uma frutinha, mas uma história que tinha tudo para acabar bem, com talvez, menos de 1000kcal acaba com um prato de feijoada, ou uns bons pasteis, ou ainda com uma lasanha. Menina, isso é mortal pra qualquer dieta!

Deixe a boa a velha saladinha de alface com bife para noite. Alface tem propriedades calmantes que garantem um bom sono e a carne te mantém saciada até o outro dia (sem ataques noturnos à geladeira!). Eu aconselho que seu almoço tenha sim carboidrato, dê preferencia total a integrais, mas se não tiver jeito opte por uma batata, inhame que são de digestão um pouco mais lenta que a farinha branca e o arroz. Para o café eu admito, como bem. Pão integral, queijo, leite desnatado, umas castanhas, e até um docinho no lanche da manhã.

Eu explico o porque:

Temos direito de um docinho ao longo do dia (sou muito doceira, então esse é meu carma, não vivo sem), e se você o come pela manhã, seu organismo gasta a jato as calorias dele. Mas se você deixa aquela caixa de bombom para quando chega em casa depois do trabalho, esquece. Isso se acumula sim! Aí você diz, mas são as mesmas calorias, o mesmo docinho de 300cal pela manhã, ainda tem 300cal a noite.

Claro! Mas seu organismo a partir das 18hs começa a acalmar, seu metabolismo diminui e a noite você não vai mais gastar calorias como pela mnhã, e nem tem o dia todo para gastá-las, já que isso vai virar gordura rapidinho.

Fica aí o conselho, quer docinho?

Coma pela manhã, e a noite pegue firme no seu regime!