Sorteiooo!

Primeiro sorteio do qual participo!!!

Vamo lá, é o seguinte: kit Redux San redutor de peso que vem com capsulas para absorção de gorduras dos alimentos possui efeito metabolico que inibe naturalmente o apetite promove a saciedade regulariza a flora intestinal e promove niveis saudaveis de colesterol ;

O kit drena corpus que é a melhor opção para redução de medidas é composto por um modelador e dois cremes um que possui principios ativos naturais e e um creme pos drena corpus projetado p reduzir medidas e devolver o aspecto jovem da sua pele.

O sorteio começa Hoje no dia 06/04/2011 e vai até o dia 21/04/2011
Participe, é só clicar aqui e seguir as instruções da D. Aline ! (http://anaemiaurgente.blogspot.com/)

Para maiores compra e informações sobre o produto:

Tabela de Calorias das Frutas:

Abaixo está listado as calorias das frutas mais consumidas no Brasil. Sempre temos uma vaga idéia de ”quanto engorda” cada uma delas, mas nunca temos certeza. Pois bem, fique informado preparado para não sabotar sua dieta!

Fruta Quantidade Calorias Pontos
Abacate 1 porção (100g) 160 44
Abacaxi 1 fatia (80g) 50 14
Acerola 1 unidade (12g) 4 1
Banana maçã 1 unidade (65g) 72 30
Banana terra 1 unidade (100g) 117 32
Banana nanica 1 unidade (90g) 87 24
Banana prata 1 unidade (65g) 55 15
Caju 1 unidade (100g) 37 10
Cana-de-açúcar 1 gomo (100g) 64 18
Caqui chocolate 1 unidade (100g) 74 21
Cereja 1 porção (100g) 97 27
Figo 1 unidade (50g) 68 19
Framboesa 1 colher de sopa (20g) 12 3
Goiaba vermelha 1 unidade (100g) 43 12
Graviola 1 unidade (100g) 60 17
Kiwi 1 unidade 46 13
Laranja 1 unidade 46 13
Limão 1 unidade 12 3
Maçã vermelha 1 unidade (130g) 85 24
Mamão 1 fatia (100g) 36 10
Manga 1 unidade (350g) 230 34
Maracujá comum (polpa) 1 unidade (50g) 28 8
Melancia 1 fatia (100g) 24 7
Melão 1 fatia (70g) 19 5
Morango 9 unidades (100g) 43 12
Pêra 1 unidade (110g) 68 19
Pêssego 1 unidade (150g) 63 18
Tangerina 1 unidade (100g) 50 14

Fonte: Dieta e Saúde

Mousse de Iogurte com Chocolate:

Apaixonada por mousse?  Nada de usar leite condensado, nem creme de leite que deixam tudo mais calórico e cheio de gordura. Confira a minha receitinha, leve, fácil e muito mais barata que as tradicionais:

Mousse de Iogurte com Chocolate:

1 Envelope de gelatina incolor/sem sabor

4 colheres de chocolate sem acúçar-aquele para bolo

1 pote (200g) de iogurte natural desnatado

3 xícaras de leite desnatado aproximadamente

1 colher de sopa de stevia em pó, ou açúcar de sua preferência

Depois de derreter a gelatina em meia xícara de água quente, coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata por 2 minutos. Leval a geladeira, servir gelado.

Valor calórico aproximado da receita: 480 Kcal

Desinchar em 8 truques!

Que mulher nunca se sentiu inchada e acima do peso, mesmo sem exagerar no prato ou faltar à malhação? Na maioria das vezes, o motivo desse mal-estar é a famosa retenção de líquidos. A boa notícia é que com alguns truques simples e eficazes, você pode, enfim, combater esse incômodo!

1. Beba chá amarelo
Um estudo japonês revelou que o chá amarelo é riquíssimo em ácido gálico – três vezes mais que o verde e oito que o branco. “Esse componente protege o fígado dos efeitos nocivos das toxinas, geralmente presentes na poluição e até em alguns alimentos”, explica Ana Luísa Faller, nutricionista funcional da Soul Nutrition Consultoria em Nutrição, do Rio de Janeiro. Além disso, o ácido gálico estimula a produção de enzimas hepáticas, que mantêm as substâncias inimigas longe. Com isso, combate a retenção de líquidos e facilita a perda de peso.

2. Tire o saleiro da mesa
Manter o saleiro longe da mesa na hora das refeições ajuda você a não abusar do sódio, que é uma das causas da retenção de líquidos. Para que a comida não fique sem graça, substitua o sal por limão e ervas como orégano, manjericão e hortelã.

3. Aposte no chá de hibisco
O chá de hibisco estimula a queima de gordura corporal, facilita a digestão, regulariza o intestino e combate a retenção de líquido. Além disso, não é amargo: tem sabor parecido com o da framboesa!

4. Mexa-se durante o dia
Se você passa muito tempo sentada, levante-se a cada hora e dê uma volta – vale abastecer a garrafinha de água durante o passeio. Na cadeira, suba e desça os calcanhares mantendo a ponta dos pés no chão e gire os tornozelos.

5. Invista na ginástica
Os exercícios físicos também são ótimos aliados na luta contra o inchaço. A malhação estimula a circulação e o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo, o que evita a formação de edemas.

6. Que tal uma autodrenagem?
Todo mundo já sabe que a drenagem é uma ótima arma para combater a retenção de líquidos, certo? Mas, se você não pode investir nesse método por enquanto, que tal apostar na autodrenagem? Confira o passo a passo: 1. Sentada, deslize algumas vezes as mãos umedecidas em creme do tornozelo até o joelho. 2. Em pé, repita várias vezes o mesmo movimento do joelho até a virilha, dando atenção especial à parte interna da coxa. 3. Com um braço estendido à frente, escorregue a mão oposta aberta desde o cotovelo até a axila, passando por toda a circunferência do braço. 4. Deslize as mãos (uma sobre a outra) fazendo círculos pequenos em sentido horário em torno do umbigo. Faça a massagem após o banho.

7. Água: aliada poderosa
Não é à toa que os especialistas recomendam o consumo de, no mínimo, 2 litros de água por dia: na quantidade certa, ela mantém a hidratação, garante seu organismo em pleno funcionamento e combate a retenção de líquidos. Quanto mais água você bebe, maior o volume de sangue. Com isso, as células ficam mais irrigadas e o organismo não retém sódio.

8. Alimentos que desincham
Uma alimentação equilibrada é ideal para manter a saúde e a forma em dia. No entanto, existem alguns alimentos específicos que podem ajudar você a afinar e desinchar, acabando com a retenção de líquidos.

Fonte: Revista Boa Forma

25 Maneiras de queimar calorias!

Comer demais é uma tendência que vem crescendo entre os brasileiros. O dado é de uma pesquisa
da Organização Mundial de Saúde (OMS) que revelou: estamos consumindo cerca de 100 calorias a mais por dia em comparação há oito anos. O nutrólogo José Golbspan, de Porto Alegre, calculou o estrago na balança a longo prazo. “São 700 calorias a mais por semana. Em um ano, esse total representa 4,8 quilos a mais no peso.” E vai piorar. “A estimativa é de que, daqui a 20 anos, as pessoas estejam consumindo mil calorias excedentes por dia”, a rmou a pesquisadora Claudia Stéfani Marcílio, no II Simpósio Internacional de Nutrição Unilever, em São Paulo. Ok, 2030 está longe. Mas por que não começar hoje a estimular o metabolismo? Há várias medidas para isso. Aqui, você também encontra estratégias para segurar o apetite, reduzindo o consumo de calorias. Ânimo! É fácil colocá-las em prática!

1. Durma bem

Passar a noite em claro estimula a produção de grelina – hormônio que aumenta a fome e os estoques de gordura. Uma pesquisa da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, revelou que dormir pouco traz outro prejuízo: reduz o ritmo do metabolismo. “Quando você dorme mal, o organismo entende que precisa economizar energia”, diz a nutricionista Márcia Curzio, do Rio de Janeiro.

2. Turbine os músculos

Quanto mais massa magra tem no corpo, mais você gasta calorias para mantê-la. Segundo o nutrólogo Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), os músculos consomem até 30% mais calorias que o tecido adiposo. Isso deixa o metabolismo esperto. E você mais enxuta e definida.

3. Invista num café da manhã proteico

Todo mundo sabe que essa refeição é importante para despertar o metabolismo. Um estudo publicado na conceituada revista americana The Journal of Obesity não só con rmou esse efeito como mostrou que a presença de proteína (ovo, queijo, leite) no café da manhã acelera mais a queima de calorias. E ainda diminui o tamanho da fome ao longo do dia.

4. Masque chiclete

Sem açúcar, claro. E nos momentos em que estiver tentada a comer um doce fora de hora. O chiclete também evita que você que beliscando enquanto cozinha. Além disso, a mastigação consome entre 10 a 15 calorias em meia hora. Mas evite ficar com o chiclete na boca por muito tempo, especialmente se você tiver o estômago sensível.

5. Beba mais água

Ela emagrece de maneira direta e indireta. Vamos à primeira, recém-comprovada por um estudo do Instituto de Pesquisa Oakland, na Califórnia. Beber água antes das refeições estimula o centro de saciedade. Esse mecanismo representa uma economia no consumo de calorias: entre 70 e 90 por dia. A água também participa de reações químicas que levam à queima de gordura e à eliminação de sódio, responsável pela retenção líquida.

6. Mexa-se

Levante mais vezes da cadeira, use a escada no lugar do elevador… “Realizadas com frequência, essas atividades fazem você gastar de 300 a 500 calorias a mais por dia”, diz o personal trainer Rodrigo de Freitas, da Academia Competition, em São Paulo.

7. Vá para a cozinha

Lavar e descascar os alimentos estimula a sensação de saciedade. Portanto, quando prepara a própria comida, você tende a comer menos. Outra vantagem: “Cozinhar queima calorias”, completa Fernanda Pisciolaro, nutricionista da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

8. Converse e ande

Sempre que falar ao celular, caminhe. A queima de calorias pode ser mínima. Mas é melhor do que ficar parada e não gastar nada.

9. Corte o açúcar

Ele não oferece nenhum nutriente e tem 4 calorias em 1 grama. Ou seja, só engorda. Pior: assim que é consumido, faz o organismo produzir muita insulina. “Esse hormônio favorece o estoque de gordura e estimula o apetite”, explica Cláudia Cozer, endocrinologista de São Paulo.

10. Consuma salmão

Por ser rico em ômega 3, ele ajuda a reduzir a ansiedade. O que isso tem a ver com calorias? Sob tensão, o organismo produz uma quantidade maior de cortisona. “Em excesso, esse hormônio rouba energia das células e deixa o organismo faminto, especialmente por alimentos calóricos, como pão, massa e doce”, diz o nutrólogo José Golbspan. O ômega 3 faz mais pelas medidas da cintura: desinflama as células e eleva os níveis de serotonina, controlando o apetite. Outras boas fontes: atum, sardinha e linhaça.

11. Inclua queijo na sobremesa

Consumido no fim da refeição, esse alimento aumenta a capacidade do organismo de queimar gordura. O mérito é do ácido linoleico conjugado (CLA) presente no queijo, segundo estudo do Centro de Pesquisa de Alimentos

12. Capricha nas fibras

Uma pesquisa publicada na revista cientí ca americana Journal of Clinical Nutrition mostrou que essas substâncias são capazes de reduzir o peso total e a nar a circunferência da cintura por mais de um motivo. Dão saciedade, retardam o esvaziamento gástrico, seguram o índice glicêmico, varrem as toxinas e estimulam o funcionamento do intestino. Consuma entre 25 e 35 gramas de fibra por dia.

13. Comece o treino pela musculação

O exercício localizado usa o glicogênio estocado no músculo como fonte de energia. “Isso obriga o organismo a acionar os estoques de gordura no exercício aeróbico”, explica Rodrigo de Freitas. É por isso que malhar nessa sequência traz resultado mais rápido na balança.

14. Faça sexo!

Queima cerca de 250 calorias em meia hora. Além disso, aumenta a circulação sanguínea e libera endorfina, hormônio responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

15. Acelera o passo

Percorra os trajetos que você faz à pé no dia a dia como se estivesse atrasada para uma reunião. Andar rápido potencializa o consumo de calorias, até nos percursos pequenos.

16. Alimente-se antes de malhar

Quando você treina de barriga vazia, queima músculos e poupa gordura. Não é esse seu objetivo, certo? Por isso, coma uma fatia de pão com geleia, biscoito ou fruta, alimentos que oferecem energia rápida. Assim, você também garante disposição para uma aula puxada, queimando mais calorias.

17. Escove o cabelo

No lugar de ir ao salão faça sua própria escova. Você economiza grana e gasta calorias. “Meia hora escovando um cabelo médio queima em torno de 75 calorias”, a rma Roberta Estella, nutricionista de São Paulo.

18. Tome leite!

É um alimento com alto teor de cálcio, mineral que estimula a queima de gordura, afirma um estudo do Instituto de Nutrição da Universidade do Tennessee, nos Estados Unidos. Mas que atenta às reações do seu organismo: “Digestão difícil, gases e barriga inchada são sinais de alergia à proteína do leite. Esse processo desencadeia inflamação nas células, resultando em peso extra”, avisa a nutricionista Eliane Tagliari, da Clínica Nutribioforma, em Curitiba. Alternativa: aposte no cálcio vindo dos vegetais como couve, brócolis e gergelim.

19. Aposte na vitamina D

Facilita a ação do cálcio. Além disso, reduz os níveis de radicais livres – moléculas que deixam as células inflamadas e propensas a acumular gordura. Peixe, ovo e leite são boas fontes. Você também precisa se expor 15 minutos ao sol para que a vitamina D se fixe no organismo.

20. Coma amêndoa

Um punhado pequeno (30 gramas) por dia ajuda a enxugar gordura. De acordo com uma pesquisa publicada na revista americana International Journal of Obesity, voluntários que comeram essa oleaginosa por seis meses secaram 18% da gordura corporal diante de 11% dos que não consumiram.

21. Dê mais risada

Quem ri 15 minutos por dia, se livra de pelo menos 40 calorias, segundo um estudo da Universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos. Em um ano, a demonstração diária de alegria pode resultar em 2 quilos a menos na balança. Já está rindo à toa?

22. Aproveite a casca

É a parte das frutas e legumes que oferece mais fibras – substâncias que fazem o organismo gastar mais energia no processo de disgestão. Mais: “A casca concentra uma boa dose de substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes”, diz Bettina Moritz, nutricionista de Florianópolis.

23. Saia do sofá

Reduzir o tempo em frente à televisão pela metade faz você gastar mais energia ao longo do dia, segundo uma pesquisa da Universidade de Wermont, nos Estados Unidos. Isso porque sobra mais tempo para você andar ou praticar qualquer outra atividade. O mesmo vale para o computador.

24. Cozinhe com óleo de coco

Ele emagrece! De acordo com um estudo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, voluntários que incluíram esse ingrediente na dieta perderam gordura, especialmente na barriga. “O óleo de coco tem ácido graxo láurico – tipo de gordura que facilita a queima de gordura”, diz a nutri-
cionista Fernanda Pisciolaro. Use-o nas receitas em substituição à manteiga ou margarina. Também ca bom batido no suco ou iogurte. Acredite!

25. Vire fã de café

Por ser rico em cafeína – substância com poder termogênico –, eleva a temperatura do organismo e, com isso, acelera o metabolismo. A medida considerada saudável: três xícaras por dia. Sem açúcar, é claro.

Fonte: Revista Boa Forma