Melissa Jones

Vocês já devem ter ouvido falar dessa ingrata garotinha, aí está a noticia completa:

Malissa Jones, mais conhecida como “a adolescente mais gorda da Grã-Bretanha”, conseguiu o que muita gente tenta e falha: perdeu incríveis 159 kg após uma cirurgia. Entretanto, o que era para ser motivo de alegria, acabou virando lamento para a garota. 

Com 17 anos e já pesava 246 kg, decidiu mudar definitivamente sua vida. Dois anos depois da cirurgia de redução de estômago, ela queixa-se, afirmando que não consegue ser uma garota realizada.
“Eu sei que parece ingrato, mas eu preferia o meu corpo de quando eu era gorda […] Pelo menos ele era firme e cheio de curvas, não caídos e flácidos. Eu tinha os braços firmes – agora, a pele fica pendurada e tenho que cobri-los, porque eles parecem terríveis […] O NHS não vai remover a pele e nunca vou conseguir economizar £ 20 mil (cerca de R$ 57 mil) para fazer uma cirurgia plástica. A cirurgia poderia ter salvo minha vida, mas desejo que nunca tivesse feito.” 

Malissa caiu do tamanho 30 para o 16, mas esconde sua nova forma usando calças e blusas folgadas para esconder o excesso de pele.

Para quem está pensando em submeter-se à mesma intervenção que Malissa, ela faz uma declaração: “Espero que as pessoas leiam isto e percebam que a cirurgia gástrica não é uma cura milagrosa.”

ANTES
DEPOIS

Fonte:  Resto do Nada.


Anúncios

3 comentários em “Melissa Jones

  1. Isso realmente choca.Vejo tantas meninas obcecadas pela magresa,que acabam esquecendo do mais importante que e a saúde.Os Garotos também com uma ideologia sem sentido sai tomando anabolizantes de animais em busca da falsa beleza.fala sério! Eh muito triste.

  2. Exatamente Pimentah, você está certa com relação ao seu comentário. Fui bem rude com a Melissa (moça do post), e também com minha forma de ver a situação. Na verdade acabei desabafando o meu estado. Me sinto mal quando me estou um pouco mais cheinha, se trata de uma coisa mais ”minha”, minha mãe me cobrava muito isso. Realmente, uma cirurgia não é qualquer coisa, por isso existe acompanhamento psicológico, físico e médico é claro. O meu modo de ver as coisas precisa mudar, por isso agradeço sua iniciativa. Foi muito construtivo para mim.

  3. Sendo extremamente corajosa ela decidiu mudar.
    Felicidade nem sempre se resume a beleza, emagrecer era necessário para não morrer, mais pela postagem não é o suficiente para ser feliz.
    Veja por outros olhos ser gorda não é ser um ET a maioria das pessoas fazem a redução por estético padrão de beleza que magras esqueléticas empoem e que a sociedade contribui; pessoas morrem, famílias são destruídas por Beleza que não dura para sempre, A essência é eterna.
    Eu tenho esse medo de morrer ao fazer a cirurgia, porque também sou gorda rsrs..
    Surpresa?
    Passei por aqui Pimentah.. Segue-me? Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s